Google Home vale a pena?

Google Home

Com os avanços tecnológicos e a era digital, se tornou cada vez mais fácil e prático ter o controle de muitas coisas em suas mãos.

Com todas as mudanças e desenvolvimentos que vem ocorrendo, os usuários têm sido beneficiados com muita praticidade.

Programas são criados e aperfeiçoados com o passar do tempo e ficam melhores a cada dia.

Dentre todos esses programas e criações, encontramos o Google Home. Por acaso, já ouviu falar desse programa? Sabe o que ele é e como funciona? Sabe de seus benefícios para quem o tem em mãos?

Controle por voz, administração de canais de TV, sua playlist favorita. Pensou na possibilidade de conseguir fazer essas e outras coisas apenas pelo seu comando de voz? Para quem pensa que existe apenas uma forma de fazer isso, está enganado.

Com o Google Home, atividades como essas são realizadas por seu comando de voz, livre de botões, teclas e toques.

Sem que você precise parar o que está fazendo ou se levantar para ir fazer algo, de forma simples e prática, o Google Home faz isso por você.

Como funciona e aparência

Como um pequenino móvel, simples, moderno e de design discreto, o Google Home fica locado em um cômodo de sua casa.

Algumas pessoas chegaram a comparar ele com uma vela ou um jarro. Nele você encontra mais de um auto falante e microfones para o funcionamento simples e prático.

 

E possível alterar seu volume apenas passando o dedo de forma leve no aparelho.

Como um alto-falante inteligente, o Google Home executa comandos simples que você dá usando sua voz ou app compatível.

Você pode pedir a ele para reproduzir música e podcasts, fornecer a previsão do tempo ou definir um alarme para acordar na hora certa.

Ele também pode servir como o centro de controle da sua casa inteligente. Se você conectar produtos compatíveis, como lâmpadas inteligentes, poderá controlá-los dizendo coisas como “desligue as luzes do quarto”.

Esse aparelho não funciona sozinho. Apesar de simples, o Google Home precisa ser utilizado junto a um aplicativo que é instalado em seu celular, assim ele permite o controle de muitas atividades sem precisar que você as realize de forma manual.

Os dispositivos Android têm uma vantagem sobre os dispositivos iOS quando se trata de usar o Google Assistente em seu smartphone. Afinal, o sistema operacional móvel do Google foi desenvolvido pelo Google.

Se você estiver usando o Android 5.0 ou posterior, pode simplesmente manter pressionado o botão Home ou dizer “Ok Google” para ativar o assistente.

Se você tiver desativado esse recurso, seu telefone solicitará que você o ligue. Você pode fazer uma pergunta ao Google Assistente ou dar um comando a ele.

Você também pode ativar o Google Assistente abrindo o app Google Assistente ou se tiver um Pixel 2, Pixel 3 ou Pixel 3A, pode simplesmente apertar a metade inferior do seu smartphone, o que é muito legal.

Se você tem um iPhone, precisa oficialmente fazer o download do aplicativo Google Assistant na App Store e abri-lo sempre que quiser dar um comando ou fazer uma pergunta.

Para começar a usar seu novo alto-falante inteligente do Google, você precisa:

  • Uma conta do Google;
  • Internet wi-fi;
  • Fonte de energia.

O aplicativo móvel orienta você durante o processo de configuração. Certifique-se de conectar o alto-falante inteligente à mesma rede do seu telefone.

Embora você precise de uma conta do Google para começar, qualquer pessoa em sua casa que não tenha uma conta do Google ainda pode dar comandos de voz ao dispositivo.

Além disso, crianças menores de 13 anos podem ter uma conta totalmente gerenciada pelos pais por meio do Google Family Link.

Durante a configuração, o aplicativo pergunta a localização da sua casa, se você deseja usar o Voice Match e outras questões que afetam suas informações pessoais.

Certifique-se de ler as informações para tomar decisões informadas. Lembrando que na ausência de internet, os recursos de comando de voz não serão realizados, ou seja, sem internet você não usará os recursos.

Funcionalidades

Para usar o seu dispositivo, basta falar com ele.

Ao falar, você aciona o comando de voz dizendo “Ei, Google” ou “OK, Google” e segue com o que quiser. Alguns exemplos de coisas que você pode dizer são:

  • “Definir um alarme para 6h30”
  • “Como está o tempo?”
  • “Me lembre de fazer o jantar as 18:30”
  • “Tocar ruído branco”
  • “Dê-me um resumo das notícias”
  • “Lembre-me às 16h de ligar para o médico”
  • “Dê o play na série BlackMirror na Netflix”
  • “Diminua as luzes da sala de estar” (caso você tenha conectado lâmpadas inteligentes)
  • “Defina o termostato para 72 graus” (com um termostato conectado)

Alguns comandos requerem serviços adicionais conectados para serem usados. Por exemplo, você pode usar o alto-falante para pedir bebidas para que estejam prontas quando você chegar.

Mas ele só funciona se você já autenticou o aplicativo em seu dispositivo móvel para funcionar com o aplicativo Google Home.

Outra forma de interagir com o alto-falante é usando a interface de toque na parte superior. Girando o dedo sobre ele, você pode alterar o volume, como já explicado. Um único toque faz uma pausa e retoma a reprodução da música.

Você também pode manter o dedo pressionado para acionar comandos sem ter que dizer “Ei, Google”.

Para usar algumas dessas funções você deve comprar os itens corretos para que eles estejam conectados com o aparelho e app.

As lâmpadas, termostato, o Chromecast (para dar play em series e filmes) e câmera de segurança. Todos devem ser compatíveis com o Google Home.

Você deve comprar?

O Google Home foi o primeiro dispositivo vendido pelo Google para funcionar como um alto-falante doméstico inteligente.

Desde então, a empresa lançou outros produtos do tipo alto-falante inteligente. Por exemplo, há uma versão com uma tela chamada Google Home Hub e um alto-falante retangular com qualidade de áudio aprimorada chamado Google Home Max, que se torna bem semelhante ao Google Home.

Existe também uma versão menor ainda que se chama Google Home Mini, que oferece um ponto de entrada de baixo custo para quem não conhece os dispositivos domésticos inteligentes.

O aparelho original é vendido por um preço justo e é adequado para pessoas que amam os serviços do Google.

Se você já usa o Google Assistente em seu smartphone, adicionar um alto-falante pode ser a próxima etapa natural.

Não é o alto-falante inteligente mais bem conectado do mercado, no entanto, porque o Amazon Echo pode funcionar com muitos outros dispositivos domésticos inteligentes.

Mas se o Google Home for compatível com o punhado de dispositivos que você possui ou está disposto a comprar, ele ainda pode ser uma boa opção para você.

Algumas lojas como: Americanas, Amazon, Magazine Luiza e Mercado livre, disponibilizam a compra desse aparelho e de alguns dos seus acompanhantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.